Volte ao SPIN


sexta-feira, 29 de março de 2013

O que exatamente o que eu faço?



Forma: Momento em que chafurdava no lixo da Justiça, ops, do spin, conforme sonhei ou olhei ou fui dias atrás enquanto o spin cantor cantava no palco
Estive me perguntando hoje sobre as razões desta obra
O que me leva a enfrentar a ficar sob a vigilância de uma polícia que compreende a liberdade de expressão como um benefício restrito aos jornalistas, como passar pelo crivo do alhar de pessoas que não relatam, apenas delatam depreciam
O que me leva a correr risco de morte a partir do momento em que interfiro nesta realidade cartesiana
Pra que, por que, porque
Não tenho a resposta
Simplesmente faço
Sei que há muita coisa que fiz de forma  pernóstica desatento coisas  que tive que corrigir ao ver que eram pura viajação,
Já que é tão extenuante para mim fazer isso em poucos dias, pq não manter a continuidade da obra durante todo o mês, no momento presente, o mês de Júpiter, ao invés de continuar o processo apenas quando da vinda do spin cantor como presente, na verdade não há uma regra, gosto desse pouco tempo tmbm

P.S.- Esqueci de dizer que, num outro momento do sonho ou noutro sonho noutro dia o spin cantor encontrava-se fazendo a passagem de som usando uma calça jeans e sem blusa. No pé da parede na foto acima havia 3 grandes cubos brancos logo no começo e, depois dos 3 cubos brancos, 3 grandes fotos do spin cantor, ele cantou mas, como não sei teoria musical partitura, como ocorreu nos demais sonhos, não soube registrar a música. Quanto a aparência do spin cantor, ele usava cabelos rabo de cavalo bastante jovem e até parece que havia feito plástica, ele era Idéia Sem Idade.
A este respeito assista a este video, São Franscisco, por Ney Matogrosso



Ah, uma disciplina que deveria ser obrigatória para todo e qualquer vivente: Teoria musical, para que fossem capazes de registrar as músicas com as quais sonham, eu por exemplo já sonhei milhões de vezes o spin cantor cantando mas, como sou analfabeto musical, nada pude registrar, fazer o que, senão fazer agora  o que não fiz até então, mãos à obra, preciso disso mesmo, voltar a fazer arte, comprar lápis, esfuminho, tinta, uma vez que, a nivel de tecnologia, estou bem aparelhado, tenho este sítio que, embora efêmero e possa ser deletado a qualquer momento pelo Google ou hackers, no momento existe de forma satisfatória

Nenhum comentário: